CUPINS

São pequenos besouros escuros, com 5 milímetros de comprimento, que se alimentam de madeira.

 

As brocas são freqüentemente confundidas com os cupins, especialmente com os cupins de madeira seca, por também expelirem resíduos das peças atacadas. Entretanto, as brocas de madeira diferem dos cupins em vários aspectos.

 

Brocas de madeira e cupins são dois grupos taxonomicamente distintos. As brocas, cujos adultos são os besouros, pertencem à ordem dos Coleópteros, enquanto os cupins, cujos adultos são conhecidos como siriris ou aleluias, pertencem à ordem dos Isópteros.

 

Diferentemente dos cupins, as brocas de madeira não são insetos sociais. Uma madeira atacada por brocas pode conter dezenas ou centenas de indivíduos, entretanto cada um vive independentemente do outro.

 

O ataque por brocas de madeira se inicia quando a fêmea adulta deposita seus ovos na madeira. Desses ovos eclodem as larvas, que irão se alimentar daquele substrato até atingirem o estágio de pupa, quando então se transformam em adultos. A fase larval é a mais longa da vida do inseto e a principal responsável pelos danos causados à madeira. Uma vez transformados em adultos, e essa transformação dá-se em geral próximo à superfície, as brocas perfuram a madeira e saem para o meio externo. Fora da madeira, machos e fêmeas se encontram e se acasalam. As fêmeas voltam a depositar seus ovos ou na mesma peça de madeira ou em outra.

 

Tratamento:

Os locais infestados devem ser tratados com injeção e pulverização. A calda inseticida é injetada em cada orifício através de equipamento, fazendo com que o inseticida percorra todo o caminho criado na madeira.

CUPIM DE MADEIRA         CUPIM DE SOLO         BROCA DE MADEIRA